O intrigante mundo das virgens consagradas: "Me casei com Cristo"

Jessica Hayes durante sua consagração, em Fort Wayne, Indiana, nos Estados Unidos. Imagem: Arquivo pessoal/BBC

Por Valeria Perasso - Da BBC World Service - 07/12/2018 12h11


Jessica Hayes comprou para si um vestido de noiva, um véu e uma aliança. Mas, no grande dia, quando se posicionou no altar, diante do bispo, não havia um noivo ao seu lado. Ela estava se casando com Jesus Cristo.

Jessica tem 41 anos e é uma virgem consagrada – uma vocação abraçada por mulheres da Igreja Católica que desejam ser "noivas de Deus".

Durante a cerimônia de consagração, a candidata – que usa um vestido branco parecido com o de uma noiva – faz um voto de castidade eterna e promete jamais ter relações sexuais ou relacionamentos amorosos.

As mulheres também usam uma aliança de casamento, simbolizando o matrimônio com Cristo.

"Frequentemente me perguntam se eu sou casada", conta Jessica. "Eu simplesmente explico que sou como uma freira. Assumi um comprometimento total com Cristo, mas vivo no mundo (não num convento)."

Imagem: Arquivo pessoal/BBC

Diferentemente das freiras, as virgens consagradas não vivem em comunidades fechadas, nem usam roupas especiais ? elas têm uma vida secular, trabalham e sustentam a si mesmas.

"Eu fui professora por 18 anos. Dou aulas no ensino médio da mesma escola que frequentei", diz Jessica, que vive em Fort Wayne, em Indiana, nos Estados Unidos.

"Antes da minha consagração, eu percebi que não tinha uma vocação para a vida em comunidade, como a das freiras, ou numa congregação religiosa, com uma pastoral específica."

Quando não está dando aulas, ela dedica boa parte do seu tempo a orações e penitências. Jessica se reporta a um bispo e tem reuniões regulares com seu conselheiro espiritual.

"Eu faço parte de uma paróquia que fica a 3 km da minha casa. Estou sempre disponível para ajudar amigos e familiares. E dou aulas. Então, estou rodeada de pessoas o dia todo, mas mesmo assim consigo acomodar essa consagração especial ao Senhor."

"Comprometimento permanente"

Mesmo na Igreja Católica, as virgens consagradas são pouco conhecidas, em parte porque essa vocação só foi publicamente reconhecida pela igreja há menos de 50 anos.

No entanto, as virgens integram a Igreja Católica desde os primórdios da religião. Nos primeiros três séculos antes de Cristo, muitas morreram como mártires ao defenderem a fidelidade a Deus.

Entre elas está Agnes de Roma, que, para permanecer em castidade, teria se recusado a casar com o governador da cidade.

Imagem: Arquivo pessoal/BBC

A prática de se entregar a Cristo, mas não como freira, entrou em declínio na Idade Médica, à medida que a popularidade da vida religiosa em mosteiros crescia. Mas as "virgens consagradas" foram reavivadas pelo Ordo consecrationis virginum de 1971 ? documento em que o Vaticano reconhece a virgindade feminina eterna como uma consagração voluntária integrante da Igreja Católica.

Para Jessica, essa vocação até pouco tempo era "território desconhecido". Ela nunca tinha pensado em se tornar uma virgem consagrada até conhecer um conselheiro espiritual que "começou a fazer as perguntas certas".

"Começou a ficar claro que Deus estava me pedindo para eu viver uma relação de matrimônio com ele", conta.

Jessica tomou a decisão em 2013, e a consagração ocorreu dois anos depois. O clímax do rito ocorre quando a virgem se deita prostrada no altar (presbitério. Nota nossa), em sinal de entrega a Deus.

"Aquilo era eu me oferecendo como presente a Ele e recebendo Deus num comprometimento permanente", explica.

"Embora eu mantenha os mesmos compromissos de antes (da consagração), é diferente. Se relacionar com Deus como esposa é algo completamente diferente de se relacionar com ele como amiga."

Ela é uma das 254 "esposas de Jesus" nos Estados Unidos, de acordo com a Associação Americana de Virgens Consagradas. Entre elas estão enfermeiras, psicólogas, contadoras, empresárias e bombeiras.

Existem pelo menos 4 mil virgens consagradas no mundo, conforme um levantamento de 2015. E o Vaticano diz que há uma alta nessa vocação "em áreas geográficas diversas". Jessica não tinha feito outro voto de castidade antes de decidir se juntar à ordem de virgens, quando tinha 36 anos.

Ela esteve em relacionamentos românticos antes, mas afirma que nunca se sentiu completa. "Eu pensei que tivesse que ter uma vida de casada, o que é um desejo natural das pessoas. Então, eu namorava. Mas nunca nada sério", relata.

"Eu namorei boas pessoas, mas com nenhuma eu senti que seguir adiante com o relacionamento era a melhor coisa a fazer naquele momento." Viver em uma sociedade onde a sexualidade é altamente valorizada pode ser desafiador para virgens que optam por evitar relacionamentos íntimos durante toda a vida.

"Eu acho que o mais difícil é não ser compreendida, já que a nossa escolha é vista como contracultura", diz ela.

"Muita gente diz: 'ah, você é solteira'. E eu tenho que explicar que o meu principal relacionamento é com Deus, que o que estou fazendo é entregar o meu corpo a Ele. É um presente de amor, não sinto que seja uma privação."


Missa de Confraternização dos Benfeitores

No dia 01/12/2018 num clima de muita alegria e fraternidade, ocorreu no Centro de Orientação Vocacional Nossa Senhora de Nazaré a confraternização anual dos Benfeitores do Projeto Amigo das vocações que este ano completou 07 anos de existência em ações em prol das vocações. 
A confraternização teve seu início com a Santa Missa presidida pelo Pe. Hermes José Novakoski, reitor da casa e co-celebrada pelo Pe. Nelcir Luiz Nazzari, pároco da Paróquia Nossa Senhora de Nazaré, em Marituba-PA. A mesma contou com a presença de religiosos e religiosas Pobres Servas e todos aqueles que fazem parte do projeto amigo das vocações.
O clima de alegria e fraternidade no espaço celebrativo também foi marcado pelo batizado do Wallace Tobias, irmão do Seminarista Marcus Vinicius. Mas também pelo agradecimento aos religiosos Irmão Aires Paesi que após 16 de missão em terras maritubenses foi convidado a atuar em outras realidades da Obra Calabriana e do Pe. Hermes Novakoski pelos seus 08 anos de presença nesta missão agora destinado a atuar a partir do próximo ano em Porto Alegre- RS. 
Em suas palavras de agradecimento o Irmãos Aires convidou a todos a continuarem apoiando e rezando pelas vocações religiosas e sacerdotais. Já o Pe. Hermes manifestou seu muito obrigado pelos anos vividos nesta realidade que muito o ajudou a viver bem seus primeiros anos de Sacerdócio.
Após a Santa Missa todos foram convidados a degustar um maravilhoso jantar oferecido pela casa como forma de celebrar estes 07 anos de dedicação em prol das vocações.
Louvamos e bendizemos a Deus por mais esse momento de fraternidade e comunhão que nos fortalece para edificarmos o Reino de Deus. 













Retiro Anual dos Agentes Vocacionais

No dia 25 de Novembro a equipe dos Agentes Vocacionais esteve reunido para o seu retiro anual. O mesmo foi conduzido pela Ir. Kelly Cristina, religiosa da Congregação das Pequenas Irmãs da Sagrada Família. O retiro teve seu inicio com a celebração da Santa Missa presidida pelo Pe. Hermes Novakoski. Após a Santa Missa, a Ir. Kelly conduziu o momento orante com o tema: "Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na sociedade: Sal da Terra e Luz do mundo", por meio de dinâmicas, encontros comunitários, mas sobretudo, momentos pessoais em contato profundo e rico com a Palavra de Deus. Pela parte da tarde foi realizada um bonito momento de confraternização entre todos os membros da equipe com um maravilhoso almoço.

Louvamos e bendizemos a Deus por mais esse significativo momento que Deus Pai providente nos permite em capacitarmos para continuarmos juntos a promovermos santas vocações para a Santa Mãe Igreja e ao mesmo tempo, externamos o nosso muito obrigado a Ir. Kelly Cristina pela disponibilidade de estar conosco e pela condução do retiro.

Por tudo isso Deus seja louvado!




Retiro com os Irmãos Externos

Dos dias 08 a 10 de Novembro, o Irmão Joandeson Ferreira, religioso Pobre Servo esteve orientando o retiro para o grupo de irmãos(as) externos em Feira de Santana, no Estado da Bahia. O retiro foi realizado no Centro de Orientação Vocacional Mãe de Deus situado no mesmo município. Foram três dias de profunda oração pessoal e partilha. O mesmo teve o seu inicio no dia 08 as 19:00 com a celebração votiva em honra a São João Calábria na comunidade Rainha da Paz. Após a celebração foi oferecido um jantar e logo em seguida, o Ir. Joandeson apresentou aos retirantes a proposta do encontro. Estes foram convidados a assistir o filme "Mãos Talentosas" com o intento de perceberem o papel e relação entre os personagens. Indicativo este para a temática do dia seguinte, assim reforçou o irmão Joandeson.
O tema geral do retiro foi: "Santidade: um chamado de Deus a nós" a luz da Exortação Apostólica Gaudete et Exsultate do Santo Padre, o Papa Francisco sobre a chamada à santidade no mundo atual tendo como foco, os capítulos um e três do documento e a santidade em São João Calábria tem como norte a sua infância e a relação com as Pessoas e a sua vida de oração.
Louvamos e bendizemos por mais esse significativo momento aonde os retirantes puderam fazer uma rica experiencia de Deus nestes dias.
Por tudo isso, Deus seja louvado. 













O mundo em constante transformação: os desafios da formação no contexto da Pós-Modernidade

"Pe Hermes enfrenta muitos desses desafios suscitando uma reflexão que vai além de um mero exercício acadêmico; sua proposta converge para iluminar uma nova prática formativa nos institutos a fim de provocar mudanças nas estruturas." Carlos Eduardo Cardozo (Cadu)

Aos interessados em adquirir o livro, eis o link. Neste valor está embutido o frete por carta registrada com envio para todo o país. A venda é segura, realizada pelo site PagSeguro do Uol.

Link para compra!

Aos que forem comprar pessoalmente no COV Nazaré, não incidirá os encargos.

Missa com os Benfeitores

Nesta manhã de Sábado (03/11/) ocorreu no COV Nazaré a missa mensal do Projeto Amigo das Vocações. A celebração contou com a presença dos benfeitores da casa e membros da comunidade externa. A presidência da celebração ficou a encargo do Pe. Nelci Luiz Nazarri, religioso Pobre Servo da Divina Providência e pároco da Paroquia Nossa Senhora de Nazaré, no município de Marituba-PA.
Em reflexão, Pe. Luiz exortou aos presente a importância do cultivo da humildade, tendo como exemplo a Virgem Maria para assim evitar a soberba e o orgulho que machucam a existência humana.
Ainda no seio da celebração os fiéis leigos consagraram a sua vida a Virgem Mãe. Ao término da mesma foi realizado o tradicional café partilhado.
Louvado seja Deus por mais esse significativo momento no qual Ele nos permite celebrar a vida e a vocação.






Encontro Vocacional e Missa com Benfeitores de São Luís MA

No Domingo, 28 de outubro, pela parte da manhã aconteceu o Encontro Vocacional em São Luís MA, cujo Tema foi: Eu te chamei pelo nome. A primeira dinâmica foi a construção de um caminho onde cada participante recebeu um pé e nele escreveu seu nome demonstrando que todos estamos caminhando em direção ao Senhor. Em seguido cada um recebeu um pouco de argila para fazer algo que representasse a sua vida. Depois fizeram uma linda e emocionante partilha.

O encerramento foi com a Adoração junto com os Irmãos/ãs Externos que realizaram seu retiro orientado pelo Padre Hermes (Veja aqui).

O encontro Vocacional foi organizado e conduzido pelo Ir. Joandeson e seminarista Cláudio Victor do COV Nazaré, a Ir. Júlia, Pobre Serva, com o apoio dos casais vocacionais da Paróquia Mãe da Divina Providência e o Ir. Roque.

Às 18:00 horas foi realizada, na comunidade São José Operários a Missa com os vocacionados, Irmãs/ãs Externos e Benfeitores membros do Projeto Amigos das Vocações. Na homilia, Padre Hermes, presidente da missa, falou da importância de todos serem missionários, como Jesus convida através da Igreja, especialmente com a vida, sendo Evangelhos Vivos.

Deus seja louvado por estes encontros que enriquecem a caminhada da nossa Igreja e nos tornam mais fraternos e irmãos. Agradecemos aos Religiosos e Leigos pela calorosa acolhida.












Retiro Irmãos Externos

A Família Calabriana tem muitos ramos e um único tronco. Um destes ramos são os Irmãos e Irmãs Externos. O grupo de São Luís MA realizou entre os dias 26 e 28 de outubro no CESJO o retiro anual, orientado pelo Padre Hermes José Novakoski, Reitor do COV Nazaré. O retiro preparou para a renovação das promessas que por eles são realizadas. A temática do retiro foi sobre a ORAÇÃO como alimento indispensável na vida do cristão.

Quem são os Irmãos Externos? Deixemos que São João Calábria nos fale sobre a sua inspiração: "É vontade de Jesus Bendito, Dono absoluto do qual devemos depender em tudo, que ao lado dos Pobres Servos da Divina Providência surja a Associação dos 'Irmãos Externos', os quais, no âmbito de sua atividade e de acordo com as próprias condições, vivam o espírito puro e genuíno da Obra, inspirado-se e conformando-se com o seu programa: Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão dadas por acréscimo. Único é o espírito dos Irmãos Internos e Externos" (Pe. Calábria, 11/02/1947 - Festa de N. Sra. de Lourdes. Tirado do Estatuto da Família dos Irmãos e Irmãs Externos, p. 9).

O retiro encerrou com um momento de Adoração juntamente com os Vocacionados que estiveram reunidos no Domingo de manhã. Veja mais clicando aqui.












APRESENTAÇÃO DO MANTO DO CÍRIO 2018!

Um dos mais importantes símbolos do Círio também é instrumento de evangelização. Acaba de ser apresentando, na Basílica Santuário de Nazaré, o Manto do Círio 2018, que vai revestir a Imagem Peregrina de Nossa Senhora nas 12 procissões deste ano. Belíssimo e cheio de significado, é inspirado na cena de Anunciação do Senhor. Foi confeccionado pela estilista Khátia Novelino e criado por Celeste Heitmann.


- Descritivo do Manto 2018 -
Bordado sobre tecido de cetim de seda pura, o Manto traz em sua borda desenho em estilo barroco, com linha metálica nas cores prata, ouro, ouro velho e roxo.

O bordado do anjo, em cores pastéis, foi feito com linha de seda.

O tecido de cetim é inteiramente rebordado em pérolas de arroz, vidrilho irisado e miçanga cristal.

Realçando o bordado de sua borda, encontramos contas de cristais Swarovski e ametistas.

O Manto tem 4 peças de metal banhadas em ouro, criadas por Celeste e confeccionadas por Marcelo Monteiro: o Esplendor Divino, o Espírito Santo, o ramo de lírios e a Aliança nova e eterna.

O broche, também em metal banhado a ouro, traz no fundo um pavê de ametista e as mãos que simbolizam as mãos de Maria, a serva do Senhor.