Caminhada para o Círio 2013

Alegria, determinação e fé foram os sentimentos que mais brotavam do coração da comunidade COV-Nazarena durante a peregrinação à Belém no último sábado (12). O momento era de muita espera e ansiedade por parte de todos. Alguns já haviam realizado tal peregrinação, e outros participaram do Círio pela primeira vez. Como nos conta o Seminarista Carlos Matheus, natural de Feira de Santana-BA: “cada um de nós tivemos experiências em particular, e comigo não foi diferente. Pude ver a alegria e devoção dos paraenses desde os primeiros movimentos do Círio, com a visita da imagem peregrina à nossa paróquia. Também pude experimentar bem o sacrifício que os romeiros fazem para irem à Belém, onde foram feitas longas caminhadas, e comigo não foi diferente. Mesmo com medo, eu caminhei por horas, até a chegada na Catedral. Foi um momento bonito de fé e de novidade. Chamou-me a atenção as pessoas que, durante o trajeto, distribuíram água para os peregrinos, também fazendo parte da devoção, além do momento onde ficamos todos juntos no gramado esperando a missa das 5 horas.”

Durante a longa caminhada, cada participante foi convidado à interiorização da oração (em particular o Santo Terço) e a aumentar cada vez mais a devoção à Virgem Maria pelo título de Nossa Senhora de Nazaré. O trajeto, em honra àquela cujo nome está em nossa casa, Nossa Senhora de Nazaré, levou cerca de 8 horas para ser percorrido.